DEATHCLEAN® - O NOSSO TRABALHO  | uM Testemunho

um trabalho difícil, fisicamente e emocionalmente desgastante, mas alguém tem de o fazer. Não deverá ser a família a realizar essa tarefa, pois para além de não ser correto e seguro, não é psicologicamente saudável para alguém que está a passar por um doloroso processo de luto."

Estas são as palavras de um dos técnicos da DEATHCLEAN®, que diariamente lida com situações traumáticas e para além da limpeza a efetuar no local, presta ainda todo o apoio necessário aos familiares da vítima, que confiam à DEATHCLEAN®, toda a responsabilidade do restauro do local tal como ele se encontrava antes do incidente, ajudando assim a família, no recomeço de uma nova etapa.

"A maioria das pessoas que nunca solicitaram um serviço à DEATHCLEAN®, não conseguem reconhecer o valor e a diferença do nosso pioneiro trabalho, muito devido ao facto de desconhecerem o tipo de limpeza especializada que realizamos e a ajuda e atenção que prestamos junto dos familiares e amigos antes e depois da nossa intervenção no local, pois não podemos esquecer que devido à rapidez da nossa capacidade de resposta, no tempo que estamos a realizar a nossa limpeza, a família ainda está no seu processo de luto."

Não podemos esperar que seja a família a limpar o local de uma morte, seja ela de um crime violento, suicídio ou morte natural, pois será uma recordação traumatizante e uma memória que deverá evitar. É um trabalho que deverá ser deixado ao cargo dos nossos técnicos, treinados com a devida preparação técnica e psicológica, a família em circunstância alguma deverá ser exposta a tal situação traumática.

"Muitas pessoas assumem que são as forças policiais ou os bombeiros presentes que tratam da limpeza ou desinfeção do local. Logo após as necessárias diligências efetuadas pelas autoridades responsáveis pela investigação e a recolha do corpo da vítima, o local é deixado à responsabilidade da família, que terá de limpar todo aquele cenário, não só o sangue e outros fluidos corporais presentes, como também, todo o material deixado pelas autoridades durante o processo de investigação."

A presença de microrganismos patogénicos é uma constante, que são responsáveis pela transmissão de inúmeras doenças, como, por exemplo, a Hepatite, SIDA, a Tuberculose, entre muitas outras. Quando a família opta por limpar o local, ficará imediatamente exposta à contaminação e em muitos dos casos desconhece que poderá ter ficado infetada, contraindo posteriormente e involuntariamente as doenças a terceiros. Não esquecendo o facto de a família não utilizar, durante a limpeza, produtos eficazes ao combate desses microrganismos e nem à eliminação dos maus odores. É um trabalho de limpeza e desinfeção que necessita de ser efetuado por técnicos certificados e especializados, utilizando técnicas e produtos certificados para cada cenário a intervir.

DEATHCLEAN®, desde 2008 a ajudar as famílias Portuguesas...

DEATHCLEAN - Limpeza e Desinfeção Especializada Pioneira desde 2008